Quem Somos

A Editora Estudos Urbanos aparece em cenário conturbado do Estado quando a realidade urbana brasileira . Propondo publicar livros relacionado as Ciências Sociais, Humanas, Aplicadas e outras áreas que tenham boas contribuições científicas ao tema da editora.

Missão

Publicar livros relacionados aos estudos urbanos.

Visão

Tornar-se a principal editora no Brasil sobre o tema "urbano" e seus desdobramentos epistemológicos, metodológicos e ontológicos.

Valores

Ser reconhecida no Brasil e por suas publicações relevantes para as Ciências Sociais, Humanas e Aplicadas.




Linhas de Interesse

Informamos que a Editora Estudos Urbanos possui profunda relação com o lugar da teoria como potencializadora do conhecimento e do pensamento. Sendo assim, estabelecemos os seguintes eixos de publicação:


– Arquitetura como direito e política pública

– Acumulação de Capital e Espaço Urbano

– Agendas de Combate à Pobreza

– Antropologia relacionada aos temas do urbano

– Arquitetura, Urbanismo e Cidadania Cultural

– Arquitetura, Teoria, História e Crítica

– Arranjos Urbanos e Regionais

– Arquitetura, Urbanismo e Cidadania Cultural

– Cultura, Lazer e Cidadania na Cidade

– Ciência Urbana e outros conceitos

– Cidades Globais, Metrópole e Metropolização

– Cotidiano e a encantamento com o mundo

– Desencatamento e encatamento com o mundo

– Desenvolvimento Urbano, Regional e Latino-Americano

– Estética e Paisagem Urbana

– Espaços Públicos na modernidade

– Epistemologia, Ontologia e Metodologia

– Economia, Cultura e Espaço

– Espaço, Território e Territorialidades

– Ontologia dos contextos urbanos na modernidade

– Ontologia do Social e da Arquitetura Pública

– O Campo de Públicas a partir do Urbano

– Organização Interna da Cidade

– Economia, Desenvolvimento e Crescimento

– Experiência do Tempo na Cidade Contemporânea

– Filosofia, Arquitetura e Cidade

– Geografia e as teorias espaciais

– Governança urbana, metropolitana e internacional

– Informação, Comunicação e Cidade

– Literatura e a história da cidade na modernidade

– Linguística e teorias das narrativas aplicadas a cidade

– Meio técnico-científico-informacional

– Movimentos Intelectuais – sociais, urbanos, políticos e espaciais

– Mobilidade Residencial nas Cidades

– Os dois Circuitos da Economia Urbana do Milton Santos

– Organização Espacial das Atividades Terciárias

– Plano e Projeto de Cidades

– Planejamento Territorial e Regional

– Planejamento Urbano e Ambiental

– Periferias Urbanas e a reinvenção do cotidiano

– Políticas Públicas e a multiplicidade do fenômeno urbano

– Ruralidades na modernidade

– Rede Urbana e Organização Espacial

– Sociologias relacionadas aos temas do urbano

– Sistemas Urbanos e Ambientais

– Teoria do Território Usado

– Teorias Urbanas

– Teoria Crítica

– Teoria do Caos

– Teoria e História da Cidade Contemporânea

– Teorias do Desenvolvimento

– Teorias da Paisagem

– Teorias sobre a pobreza contemporânea

– Urbano, modernidade e o contemporâneo

– Urbanismo e Planejamento Urbano

– Urbanismo, Direitos e Democracia

– Urbanização, Legislação e o Valor de Uso e de Troca

– Urbanização da Pobreza

Alguns breves critérios na análise preliminar do material em formato de livro:

– O texto com linguagem adequada a um livro retirando a linguagem própria de uma tese, dissertação e etc.;

– O texto dividido em capítulos com título de 4 palavras;

– O livro deve ser organizado em no mínimo 2 e no máximo 4 partes com seus respectivos capítulos;

– O título do livro deve ser iminentemente teórico relacionado aos temas de interesse da editora. E, deve possuir 4 palavras;

– O livro deve possuir força teórica, conceitual, rigor na escrita e enlaçamento das ideias, categorias e preposições;

– O livro deve questionar teorias, conceitos, determinismos, condições históricas e paradigmas. Mais ainda, deve propor teorias e metodologias partir da realidade urbana estudada em sua área do conhecimento.

A editora não tem interesse em livros com:

– Experiências realizadas em campo. Este tipo de livro levou editoras a falência, pois não vende e nem desperta interesse da comunidade acadêmica, pois há muitos artigos na rede de computadores. Por exemplo: avaliação pós-ocupação do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV); Experiências de Urbanização dos Assentamentos Precários; Experiências das Ocupações Urbanas etc.;

– Escrita centrada no objeto de pesquisa (descrição) negligenciando o lugar teórico e metodológico;

– Escrita sem rigor nos conceitos utilizados ou formulação de noções em torno de expressões. Por exemplo, muitos autores usam o tempo território na arquitetura e urbanismo de forma aleatória sem relação alguma com uma discussão metodológica e teórica da expressão. 

Demais informações são repassadas nos contatos iniciais com a editora. 

Formas de Pagamento

Crédito VISA

Crédito MasterCard

Boleto

Contato

Tel.: (31) 9 8267-5492

E-mail: editora.estudos.urbanos@gmail.com

Fale Conosco

Mídias Sociais

© Todos os diretos reservados a Editora Estudos Urbanos | CNPJ: 36.026.812/0001-53